As seguradoras que ganharam a preferência dos cariocas

Compartilhar nas redes sociais

O jornal O Globo traz uma reportagem destacando as seguradoras favoritas dos cariocas. O texto lembra que para atender os clientes de maneira mais ágil, as companhias impulsionaram o uso de canais digitais.

A marca favorita dos cariocas é a Porto Seguro, que registrou aumento na demanda no atendimento por WhatsApp de 454% na demanda. Os acessos mensais saíram de 220 mil, no ano passado, para mais de 1 milhão este ano.

O diretor comercial da Porto Seguro no Rio, Marcos Silva, diz que a praticidade e a agilidade motivaram o crescimento. “O Rio é um mercado estratégico para a Porto. Buscamos oferecer novos produtos, atrativos e experiências, o que acaba sendo um diferencial”, destacou.

A companhia passou a oferecer o Porto Cuida, serviço que oferece quatro atendimentos por telemedicina ao ano por pessoa, além de descontos em consultas, exames, terapias e medicamentos.

Já na Bradesco Seguros, a segunda na preferência, a estratégia é aproximar as pessoas da cultura do seguro apresentando informações sobre a longevidade da população. A revolução tecnológica trazida pela pandemia redesenhou os modelos de negócio.

A empresa lançou uma plataforma para conscientizar as pessoas e procurou se aproximar dos jovens com a presença nas redes sociais TikTok, Clubhouse e Kwai.

Alexandre Nogueira, diretor de Marketing do Grupo Bradesco Seguros, aponta ser um desafio ir ao encontro do novo cliente que é mais digital e precavido e, também, “atender com a mesma eficiência uma parcela de clientes que permanece no mundo analógico”, ressalta.

Já a SulAmérica Seguros, que nasceu há 125 anos no Rio e ocupa o terceiro lugar na preferência, trouxe um novo conceito de Saúde Integral, que coloca a saúde física, emocional e financeira de forma integrada. Só a plataforma Saúde na Tela teve crescimento de 2 mil atendimentos por mês para cem mil na pandemia.

“Queremos dar apoio e segurança em todos os momentos e decisões tomadas”, enfatiza Patricia Coimbra, vice-presidente de Capital humano, Sustentabilidade e Marketing da SulAmérica.

Fonte: CQCS | Sueli dos Santos