Para Tokio Marine, o Open Insurance deve contemplar o Corretor de Seguros

A Tokio Marine Seguradora manifestou sua opinião a respeito do envolvimento dos Corretores de Seguros com o Open Insurance.

Em entrevista ao Valor Econômico, o presidente da companhia, José Adalberto Ferrara, questionou a falta de menção do Corretor de Seguros dentro desse processo.

“A Tokio Marine, por exemplo, é uma seguradora cujo principal canal de distribuição é o corretor, e nós não vislumbramos a exclusão desse profissional em nenhuma das nossas iniciativas, ao contrário”, questiona José Adalberto Ferrara, presidente da seguradora”.

O Open Insurance é citado quando se trata de ganhos e oportunidades para o setor, após, em 2020, o desempenho do mesmo não ter sido tão positivo. “Acreditamos que há um potencial de crescimento enorme com o open insurance, porque o setor vai atrair pessoas que nunca tiveram acesso a proteções financeiras para riscos do dia a dia”, disse Solange Vieira, superintendente da Susep, ao veículo.

A titular da Susep ainda afirmou que a tendência é que a atuação do corretor seja ampliada. “Por vários ângulos, vemos que o setor e a sociedade serão beneficiados com todo o processo”.

Fonte: CQCS | Carla Boaventura