CONNECTION 2021 – manhã do segundo dia: evolução digital: robôs ou corretores de seguros?

Com a tecnologia em evolução constante, painel debate como ainda é fundamental um atendimento humanizado aos clientes. 

Painel “Planejamento financeiro: área de oportunidades para os corretores de seguros”, mediado por Paulo Machado, um dos fundadores do Clube dos Corretores e Consultores de Benefícios do Rio de Janeiro (CCCB-RJ)

Que a tecnologia veio para ficar, nós já sabemos. E se hoje fazemos quase tudo através de formulários e robôs, pelo celular e computador, o painel Transformação digital: o caminho para a evolução do corretor de seguros debateu os caminhos a serem seguidos no atendimento humano aos clientes. Mediado pela influenciadora digital Maria Luiza Melo (@amarialuizamello), do canal Segura Essa, o primeiro evento deste segundo dia do Connection 2021 mostrou que o corretor de seguros ainda é figura fundamental no mercado, mas que é preciso fazer adaptações.

“O corretor continuará a ter papel preponderante no setor. E, com a transformação digital, ele deve se tornar cada vez mais um conselheiro dos clientes, aumentando a confiança do consumidor, ao nosso mercado”, enfatizou o CEO da Rede Lojacorr Corretoras de Seguros Independentes, Diogo Arndt Silva.

Para o presidente do Sistema de Cooperativas Financeiras do Brasil (Sicoob Coopvale), Angelo Galatoli, “a venda direta, sem a intermediação do corretor de seguros, para o cliente facilita a aquisição do produto – hoje, essa já é uma realidade no setor financeiro e de seguros”. “O papel do corretor, neste cenário, será incrementado com as inovações do nosso mercado, dando mais tempo para se dedicar ao pós-venda”, observou Galatoli.

O CEO da Segfy, Marcos Roque Villa, não acredita que o corretor será relegado a um papel secundário. “O corretor deve fazer um atendimento cada vez mais humanizado para os clientes. A tecnologia vem para a personalização dos seguros”, ressaltou Villa.

Na sequência da manhã, uma história inspiradora no case Empreendendo com propósito: a trajetória de superação do Elizeu Dias. O sócio da corretora Tudo Seguro, Elizeu Dias, conta como, apesar da tragédia sanitária que acometeu o planeta, conseguiu um crescimento de mais de 100% em sua empresa. “Tomamos medidas por conta da pandemia, mas crescemos mais do que o dobro após março de 2020. Contratamos mais pessoas, por acreditar que deveríamos ter mais produtividade”, explicou Dias.

O mesmo otimismo pode ser visto na palestra Propósito de vida #VaiDarCerto, com o diretor Comercial, Produtos e Marketing da Unimed Seguros, Elias Leite. Ele destacou que acreditar firmemente no propósito de proteção às pessoas e bens, através dos seguros, é fundamental para trabalhar neste mercado. “Em determinado momento da minha vida, deixei de ser médico de cabeça e corpo, e me voltei a resolver problemas mais complexos das pessoas, relacionadas ao bem-estar completo delas”, contou Leite.

O segundo e último painel da manhã, Planejamento financeiro: área de oportunidades para os corretores de seguros, mostrou um novo filão de negócios no setor. Mediado por Paulo Machado, um dos fundadores do Clube dos Corretores e Consultores de Benefícios do Rio de Janeiro (CCCB-RJ), o painel foi um dos mais acessados do evento.  “Costumo dizer que o mercado financeiro são blocos de Lego: são iguais para todos.

Como você vai organizar, o que você vai construir com os blocos, isso é que faz a diferença. E sempre levando em consideração que, no fim, o mercado é feito de pessoas, seres humanos”, observou o superintendente Comercial de Novos Canais da Brasil Prev, Rodrigo Caravelli Martins.

O vice-presidente de Investimentos, Vida e Previdência da SulAmérica Seguros, Marcelo Mello, destacou um ramo com grandes chances de crescer nos próximos anos. “A gente não pode deixar de considerar os seguros de vida em nosso planejamento.

É um dos produtos com maior potencial”, afirmou. E o diretor corporate da MAG, Luis Felipe Brito Maciel, concluiu: “O nosso setor ajuda a construir um país melhor de verdade, sem figura de retórica. É preciso empreender bastante, cada vez com mais capacitação, porque as janelas estão abertas. Aliás, as janelas estão escancaradas de oportunidades. ”

Participe – O Connection 2021 transmite mais de 20 horas de conteúdo, totalmente online e gratuito, com mais de 70 palestrantes e convidados, vários deles das maiores seguradoras do país.

A partir das 9h desta quarta-feira, 15 de setembro, até às 19h de quinta, 16, o Connection 2021 reúne, no mesmo espaço virtual, corretores, executivos, empreendedores entre outros players do mercado de seguros de todo o Brasil. Vamos buscar juntos analisar o futuro do setor pós-pandemia.

Link da transmissão:

https://www.youtube.com/c/ClubedosCorretoresdeSegurosdoRiodeJaneiro/live

Programação completa – As inscrições estão abertas no site: https://connection.ccsrj.com.br

Com o lema “Conexão – Evolução – Negócios”, o Connection 2021 tem como principal objetivo desta edição conectar corretores de seguros de todo o país, para que eles aproveitem oportunidades entre si e com os diferentes players do mercado de seguros.

Patrocinadores – Unimed-Rio, Capemisa Seguradora, Bradesco Seguros, Allianz, MAG Seguros, SulAmérica, Benevix, BrasilPrev, HDI Seguros, Junto Seguros, Liberty Seguros, Rede Lojacorr, MAPFRE, Moltrio, Porto Seguro, Prudential,Resolvida – Solução Digital em Seguros, Segfy, Seguros Unimed, Sicoob Coopvale e Tokio Marine. Apoio Institucional: ABGR, ANM, Sou Segura, ACONSEG-RJ. Mídia especializada: Revista Apólice, Blog do Corretor, Revista Cobertura, CQCS, Diário Comercial, Revista/Portal Fator Brasil, Revista InsuranceCorp, Jornal Nacional de Seguros – JNS, JRS, Monitor Mercantil, Editora Roncarati, Agência Segnews, Revista Segurador Brasil, Revista Seguro Total, Seguros.inf., Blog Sonho Seguro, Panorama Seguro.

Fonte: CCS-RJ I CQCS