Corretores continuam com problemas após notificação da Susep

Os Corretores de Seguros continuam tendo dificuldade com a solicitação da Susep em relação à atualização de cadastro.

Algumas empresas que se recadastraram em 2020 também receberam o pedido da autarquia na última semana e, em alguns casos, é advertido que, caso as pendências não sejam resolvidas no prazo indicado, o registro estará sujeito à suspensão até que as questões sejam integralmente corrigidas. Em entrevista ao CQCS, alguns Corretores relataram o que vêm enfrentando.

Vanderley Alves Ferreira, da Petro Corretora, explicou que achou duvidoso quando recebeu o e-mail porque está sendo vítima de hackers com frequência. “Eu nem entrei no link com medo de ter problemas, temos que ficar atentos, eu achei estranho.

Fiquei na dúvida porque não devo nada e fizemos o recadastramento no ano passado. Entrei direto no site da Susep e está tudo em dia. Olhei, baixei a certidão e guardei ela comigo”.

No caso da Corretora Sandra Beltrão, da Barcelos e Beltrão Corretora de Seguros, o e-mail afirmava que seus dados estavam divergentes dos que constam na Receita Federal. “Fiquei sem entender, fiquei me perguntando: ‘Será que é o meu nome?’ Mas não tem nada de divergente.

Recebi um e-mail sobre o cadastro jurídico, que é o da corretora”. A profissional lamentou a situação e afirmou sentir medo de ter seu cadastro bloqueado por conta da situação. “Acham que o corretor não tem nada pra fazer na vida.

Quando lançaram aquela normativa que nós não seríamos mais subordinados a eles, estava fazendo uma alteração no contrato social para saída de um sócio, fui tentar abrir outra corretora e não consegui. Tomei um prejuízo muito grande”, explicou.

Para a Corretora Tereza Gonzalez, Figa Corretora de Seguros, a questão foi mais grave porque a mesma deixou de fechar um negócio com uma seguradora por conta dessa questão, após o seu número de registro da Susep ser mudado. “Meu problema é muito grave.

Quem percebeu foi minha secretária, ela pediu um boleto para uma seguradora, que pediu o meu registro, ela passou normalmente e foi sinalizado que o número não era aquele”.

Tereza explicou que ainda não havia lido no CQCS sobre o que estava acontecendo, mas quando tomou conhecimento, entrou no site da autarquia e percebeu que a pessoa física está com o número correto, mas o da pessoa jurídica alterado. “É um absurdo. Me passaram um e-mail e vou entrar em contato com este e-mail. Eu entrei em pânico. Envolve muitas pessoas nisso”.

Em meio a muitas confusões, alguns Corretores conseguiram resolver suas pendências, é o caso de Anderson, da Nova Suprema Corretora de Seguros, ele disse que faltava uma selfie da pessoa física dentro do contrato da pessoa jurídica. “Lá tem minhas fotos, meus dados, e precisei mandar agora uma selfie com a CNH do lado”, explicou.

O Corretor ainda destacou que seu caso já está resolvido. “Não há mais pendências para mim, mas eu cliquei no e-mail direto, que direciona para o site da Susep, e apareceu como resolver as pendências: ‘Corretor não possui foto selfie’. Está difícil entrar em contato com a Susep, ainda bem que vocês estão intermediando”, pontuou.

Washington Alves, da Kaw Corretora de Seguros, também recebeu o email da Susep, mas optou por não clicar e entrar direto no site.  “Não cliquei em link nenhum porque acho muito suspeito.

Entrei no site da Susep com meu login e assim que eu entrei, tinha a mensagem: ‘Seu cadastro está com pendências’, mas não especifica o tipo de pendência. Tem uns três pontinhos na parte superior esquerda, eu cliquei e consegui acessar os meus dados.

Quando acessei, tinha “alterar dados”, quando cliquei, pediu uma selfie com a minha CNH. Quando eu anexei o que era pedido, apareceu, “salvo com sucesso”.”, explicou.  Contudo, ao acessar novamente o portal da Superintendência, consta a mesma pendência, a mesma mensagem, com a opção de fazer tudo novamente.

Fonte: CQCS l Carla Boaventura