Saúde Suplementar: novos cursos capacitam para o segmento

A complexidade da saúde suplementar, com estrutura e regras específicas, gera dúvidas até mesmo em quem é da área. Promover capacitação e atualização dos profissionais que atuam no segmento, em especial sobre aspectos regulatórios e de gestão, é a finalidade dos novos cursos de pós-graduação e de formação executiva da ENS.

Com duração de 18 meses e início em junho, a Pós-Graduação em Nível de Extensão em Saúde Suplementar será ministrada na modalidade online, com aulas às segundas e quartas, das 19h às 21h. O curso é dividido em três módulos, compostos por disciplinas como Histórico do Mercado de Saúde Suplementar; Regulação, Governança Corporativa e Compliance; Gestão de Custos e Sinistralidade; Gestão de Pessoas; Telessaúde em Saúde Suplementar; Direito do Consumidor; Fundamentos Atuariais e de Economia; e Temas Atuais em Saúde Suplementar. Para cursar a pós é necessário ter ensino superior completo.

Já a Formação Executiva em Base Legal e Regulatória da Saúde Suplementar tem duração mais curta, de cinco meses, mas confere aos alunos os mesmos conceitos, de forma mais concisa. O início também será em junho, com aulas às segundas e quartas, das 19h às 21h. O pré-requisito é ensino superior completo ou em andamento.

Ambos os programas são voltados para profissionais que lidam direta e indiretamente com saúde suplementar, em operadoras de planos e seguros saúde (inclusive corretores), cooperativas, e para quem trabalha nas estruturas de serviços. Também é de interesse de acadêmicos, advogados, profissionais da área administrativa, magistrados, defensores e procuradores públicos, profissionais de órgãos de defesa do consumidor e até profissionais de mídia que cobrem a área.

Inscrições e mais informações sobre os dois cursos estão disponíveis no site ens.edu.br.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social – ENS