Só 13% dos clientes tiveram desconto no seguro automóvel

Números divulgados pela Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF) mostram que apenas 994.981 contratos beneficiaram de uma redução do prémio.

A redução da sinistralidade automóvel registada em 2020, ano marcado pela pandemia de Covid-19, fez com que as seguradoras poupassem 139 milhões de euros em comparação com 2019. Porém, apenas 13,4% dos clientes tiveram direito a desconto no prémio, avança o Jornal de Notícias (acesso pago).

Os números foram divulgados pela Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF), que não explica, no entanto, as razões que levam a maioria dos contratos a não beneficiarem do desconto previsto na lei. Dos 7,4 milhões de contratos de seguro automóvel existentes em Portugal, apenas 994.981 beneficiaram de uma redução do prémio.

A associação Frente Cívica, por sua vez, revela estar a ponderar avançar com uma ação coletiva contra as seguradoras que falharam o cumprimento desta lei. “As companhias estão a apropriar-se de um valor que não lhes pertence porque o risco não se verificou“, afirmou o presidente da associação, Paulo Morais, ao Jornal de Notícias.

Fonte: ECO Economia Online