Home office: seguro para equipamentos portáteis é fundamental

A proteção cobre queda ou quebra, riscos de causa externa (como incêndio, explosão, danos elétricos) e roubo ou furto qualificado

Ter um seguro, além de ser um importante exercício financeiro para qualquer pessoa física ou empresa, é fundamental se prevenir contra imprevistos e danos. Hoje em dia, boa parte dos colaboradores das organizações, independente do porte ou segmento de atuação, precisa transportar equipamentos para realização de suas atividades, especialmente com a popularização e maior adesão ao home office.

Os itens portáteis mais utilizados em ambiente externo são os celulares e notebooks corporativos. Além deles, dependendo da área de atuação da companhia, também podem aparecer câmeras (fotográficas ou filmadoras) e tablets, por exemplo.

Perder uma dessas ferramentas de trabalho sempre reserva uma boa dose de dor de cabeça e desespero, tanto pelo equipamento, que normalmente não é barato, quanto pelo conteúdo nele contido. Justamente para evitar esses contratempos, a Energy Broker recomenda o Seguro de Equipamentos Portáteis.

De acordo com Ricardo Valência, diretor da empresa, o Seguro de Equipamentos Portáteis cobre, por exemplo, danos aos equipamentos por queda ou quebra, danos de causa externa (como incêndio, explosão, danos elétricos), e, claro, por roubo ou furto qualificado, infelizmente algo comum atualmente. “Ter um seguro não é luxo, mas uma necessidade real. É o tipo de proteção que toda organização precisa adotar sob pena de perder não só equipamentos, mas dados preciosos para o negócio”, ressalta o executivo.

Fonte: N.F. I Revista Apólice