Aos 125 anos, SulAmérica passa por transformações sempre ao lado do corretor

A SulAmérica não existiria sem os corretores de seguros. O relacionamento com eles é fundamental para nosso sucesso

Por Patrick Larragoiti Lucas*

Presidente do Conselho de Administração da SulAmérica

Toda vez que paro para pensar na história da SulAmérica, percebo que existe algo que se mantém ao longo de seus 125 anos: a transformação. Meu tataravô, que foi o fundador da companhia, começou a trabalhar com seguros por volta dos anos 1840, quando se mudou para os Estados Unidos e foi contratado como representante comercial da New York Insurance Life.

Nesta função, esteve em diferentes países, como Cuba e México, até chegar ao Rio de Janeiro em 1885. Após uma década por aqui, uma lei fez com que a New York Life não tivesse mais interesse no país, pois teria de investir em território nacional as reservas técnicas e prêmios obtidos.

O que meu tataravô fez então? Comprou a carteira da seguradora e criou, em 5 de dezembro de 1895, a nossa SulAmérica. Essa foi a primeira transformação: de uma companhia americana para uma independente e brasileira – características mantidas até hoje.

No início, só trabalhávamos com seguro de Vida. Depois, vieram as proteções de Auto, Massificados, Saúde; nos anos 1970, Capitalização, Gestão de Ativos e Previdência.

Uma transformação atrás da outra, sempre em busca de como podemos atender o beneficiário de uma maneira diferenciada, com novos serviços e coberturas. Sempre digo que seguro é um produto intangível, quase invisível. Ninguém vê, mas está em todo lugar, garantindo proteção e segurança. É um produto bastante único, que precisa ir evoluindo com a sociedade e com a necessidade das pessoas.

É por isso que a SulAmérica chega a 125 anos ao mesmo tempo em que comunica a evolução de seu posicionamento de marca, lançando um conceito inovador e inédito no setor, o de Saúde Integral.

A necessidade de revisitar nosso propósito e a forma como nos apresentamos ao mercado veio no momento em que vendemos nossa operação de Auto e Massificados. Essa transformação de portfólio nos mostrou um novo caminho a seguir. E como gostamos de novidades, de inovações e de transformações, escolhemos caminhar por esse percurso.

Esse caminho que começamos agora a percorrer defende o equilíbrio e um olhar amplo sobre a saúde, que vai além da saúde física, engloba a saúde emocional e a financeira. Aos 20 anos, nossas necessidades são completamente diferentes daquelas que priorizamos aos 40, que também mudam aos 60, depois aos 80 e assim por diante… E todas essas fases e as necessidades que trazem com elas são importantes, só precisamos cuidar do presente, sem esquecer do futuro.

A SulAmérica conecta-se às pessoas para apoiá-las em todas as transições da vida e temos um ator principal nesta jornada, que conhece profundamente os clientes e consegue levar para eles soluções que façam sentido para que possam escolher a que quiserem com autonomia e segurança. Esse ator principal é o corretor de seguros.

Como sempre tenho dito, a SulAmérica não existiria sem os corretores de seguros. O relacionamento com eles é fundamental para nosso sucesso. Pessoalmente, conheço os corretores desde que comecei a trabalhar na SulAmérica como estagiário. Aprendi muita coisa com eles. A simbiose entre os corretores e a SulAmérica é total e nosso objetivo é ampliá-la cada vez mais.

O corretor, assim como a SulAmérica, também vem se transformando e se adaptando às necessidades da sociedade ao longo dos anos. A automatização de processos, os avanços da tecnologia e dos investimentos em inovação facilitaram muitos aspectos operacionais da rotina dos corretores.

Agora, eles têm mais tempo para se desenvolver, expandir seus negócios e estar ainda mais perto das pessoas, entender seu presente e o que planejam para o futuro, e oferecer as soluções personalizadas. E essas soluções, necessariamente, devem garantir o equilíbrio entre a saúde física, emocional e financeira, ou seja, a Saúde Integral.

E é para que isso aconteça que estamos trabalhando para que nosso portfólio com planos de Saúde, de Odonto, de Vida, de Previdência e Investimentos fique cada vez mais integrado e variado.

É nisso que a SulAmérica vai focar nos próximos anos. Não sei se nos próximos 125 anos, pois a transformação faz parte do nosso DNA e estamos sempre prontos para evoluir com a sociedade. Essa é a SulAmérica que tanto me – nos – orgulha!

*Patrick Larragoiti Lucas é presidente do Conselho de Administração da SulAmérica e faz parte da quinta geração da família fundadora da companhia.

Fonte: Folha de São Paulo