Seguro rural: SNA cria centro de pesquisa para ampliar adoção pelo produtor rural

A Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), com sede no Rio de Janeiro, criou o Centro de Risco e Seguro Rural (CRSR).

O objetivo é gerar, por meio de pesquisas, conhecimento específico sobre o setor, e promover a formação de corretores, peritos rurais e agentes de risco, informa a entidade, em comunicado.

O economista e diretor técnico da SNA, Cláudio Contador, disse na nota que ‘existe uma lacuna em pesquisas sobre risco e seguro rural, no funcionamento e deficiências das instituições, melhoria do marco regulatório, etc. Esta lacuna pode ser atendida pelo CRSR’.

‘Apesar dos grandes avanços liderados pela ministra Tereza Cristina, a tarefa de ampliar o seguro rural deve ser assumida também e principalmente pelo setor privado’, disse o especialista, que coordenou uma reunião virtual a respeito do assunto, organizada pela SNA.

O presidente da instituição, Antonio Alvarenga, afirmou que o CRSR deverá realizar, a princípio, um levantamento para identificar os gargalos do seguro rural e propor medidas para solucioná-los, a partir de um trabalho com o Ministério da Agricultura, seguradoras e outros representantes do setor.

Alvarenga disse que a área de cobertura do seguro rural no Brasil ainda é muito pequena e considerou o alto valor do prêmio um grande obstáculo que desestimula o produtor.

 Fonte: Sindseg-SP