DetranRS reforça alerta: persiste o golpe do falso leilão virtual

Veja quais os cuidados necessários para não ser uma vítima do golpe do falso leilão
Tem aumentado o número de vítimas de criminosos que praticam crime de estelionato via internet, utilizando-se de sites falsos que anunciam “leilões virtuais do DetranRS”.

As pessoas são atraídas por ofertas de veículos muito vantajosas (preços excessivamente abaixo do valor de mercado) e que expiram muito rapidamente, induzindo a ações impulsivas e impensadas.

Embora aparentem, à primeira vista, serem sites confiáveis, a maioria deles contando até com o logotipo do DetranRS, são falsos e estão hospedados em servidores fora do país, dificultando sua retirada do ar. Os golpes aplicados fazem com que o arrematante efetue o pagamento do bem e nunca receba o veículo supostamente comprado.

Por isso, o DetranRS esclarece que não faz leilão de veículos de seguradoras, sinistrados ou não, tampouco de veículos de financeiras, tomados em garantia de pagamentos de empréstimos. Os veículos leiloados pelo DetranRS, aptos à circulação, são exclusivamente aqueles que estão nos Centros de Remoção e Depósito credenciados (CRDs) e que não foram reclamados por seus proprietários no prazo legal.

Os criminosos chegaram a forjar um falso “Termo de Arrematação”, bastante elaborado e que traz até a marca do DetranRS acrescida da palavra “leilões” em seu cabeçalho, para tentar dar mais credibilidade ao golpe. Costumam informar o antigo endereço de um Centro de Remoção e Depósito credenciado ao DetranRS, que ficava na Rua do Bosque, 200, em Porto Alegre, mas o CRD não tem nenhuma relação com os estelionatários.

Criminosos colocam marca do DetranRS em sites e documentos falsos.

FIQUE ATENTO
Veja quais os cuidados necessários para não ser uma vítima do golpe do falso leilão:
1) Confira no site oficial do DetranRS os próximos eventos > detran.rs.gov.br > menu Veículos > Leilões > Calendário de Leilões;
2) Veja nos editais do leilão todos os veículos disponíveis para compra em cada depósito credenciado, seus lances iniciais, o site do leiloeiro oficial e demais informações;
3) Se possível, agende uma visita ao depósito (CRD) onde está o veículo para verificar suas condições pessoalmente;
4) Participe do leilão na data e horário agendados pelo DetranRS e divulgados no site oficial (detran.rs.gov.br);
5) Caso seja atraído por um anúncio, desconfie de sites de leiloeiros que não sejam hospedados no Brasil (sem o final “.br”);
6) Pesquise a empresa em sites de reclamação e/ou mídias sociais;
7) Suspeite de veículos que pareçam novos ou de concessionárias;
8) Não faça transferências bancárias. Nos leilões do DetranRS, o pagamento do valor de arremate se dá por meio de guia de arrecadação própria (GAD-L), quitada na rede bancária conveniada. Somente o valor da comissão do leiloeiro será conforme instruções do mesmo (detalhadas sempre no item 9.4 do Edital).

Quem for vítima desse tipo de golpe deve comunicar o fato à Polícia Civil, por meio de um boletim de ocorrência. O registro pode ser feito presencialmente em uma Delegacia de Polícia ou preferencialmente pela internet, por meio da Delegacia Online.
Fonte: Detran RS