Estudo – Produtividade na vistoria de veículos

CESVI compara método in loco com as vistorias feitas a distância, por imagem. Confira as conclusões na matéria da Revista CESVI.

 

O CESVI fez um estudo de campo comparando a produtividade dos três tipos possíveis de vistoria: in loco (quando há deslocamento do regulador até a oficina), por imagem e também com análise por imagem.

 

O estudo descreve e analisa cada método, levando em consideração os seguintes dados: tempo de trajeto para se chegar à oficina, tempo para realizar a vistoria, processos utilizados e, finalmente, a produtividade.

 

Para se ter uma ideia dos resultados dessa análise, uma simulação feita para o estudo identificou que um único perito – trabalhando com análise por imagem – seria capaz de fazer o mesmo trabalho de oito profissionais da vistoria in loco.

 

Enfim, a pesquisa conclui que a vistoria por imagem e a análise por imagem oferecem grandes vantagens à seguradora no que diz respeito à produtividade. E para a oficina também, já que permite prazos melhores para o início da reparação e um maior giro de veículos.

 

A análise por imagem se destaca especialmente na economia de tempo e de reguladores necessários para fazer um mesmo trabalho.

 

Confira, na matéria da Revista Cesvi todos os detalhes sobre a realização desse estudo e suas conclusões. //www.cesvibrasil.com.br/Portal/Principal/Arquivos/Download/Upload/Prod%20no%20seg.pdf

Fonte: Cesvi Brasil