Apólice de RC de ônibus em debate

A Agência Nacional de Transportes Terrestres publicou hoje a Portaria nº 292 de 23 de maio de 2017 para constituir Grupo de Trabalho para debater e propor soluções para a atual situação de oferta do seguro de responsabilidade civil para o transporte rodoviário interestadual de passageiros, ficando estabelecido o prazo de sessenta dias para a conclusão dos trabalhos.

O grupo de trabalho será composto por no máximo dois representantes de cada um dos seguintes: Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT); Susep, FenSeg; Fenacor; Fenaber; Essor Seguros; Investprev Segurador, IRB Brasil Resseguros; Confederação Nacional dos Usuários de Transportes Coletivos Rodoviários, Ferroviários, Metroviários, Hidroviários e Aéreos (CONUT); Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (ABRATI); Associação Nacional dos Transportadores de Turismo e Fretamento (ANTTUR).

O produto vem sendo alvo de debates há anos, mas a situação se agravou com a decretação extrajudicial da Nobre Seguradora no final do ano passado. A companhia era responsável por 60% das vendas totais deste produto no mercado. A Essor Seguradora é uma das companhias que vem crescendo neste ramo.

Fonte: Sonho Seguro