Penhor Rural: seguro mantém agronegócio estável para investir

Entenda a importância desse serviço e de como ele é fundamental para o mercado ter suporte para conseguir investir.

O agronegócio é um dos setores mais importantes para a economia do Brasil. //www.revistaapolice.com.br/2018/08/seguro-rural-nao-acompanha-crescimento-do-agronegocio/

Ao longo dos anos, o governo federal vem estimulando cada vez mais os produtores ao ampliar as linhas de crédito com taxas atrativas.

Com esse crescimento, é natural que o investimento dos empresários do setor também cresça, assim como o consumo de tecnologia. É nesse contexto que a importância do Penhor Rural Equipamento, novo produto da Atix Seguros, se coloca.

“O Penhor Rural tem como propósito principal oferecer ao produtor agrícola a consolidação de seu negócio, assegurando os equipamentos agrícolas que lhes proporcionam maior produtividade em sua atividade”, explica Rafael Schaidhauer, gerente Comercial da Atix.

E completa: “imagine que o equipamento, objeto de garantia de seu financiamento, sofra um dano na colheita.

O Penhor Rural recupera a perda para que o produtor não tenha prejuízos. Trata-se de um seguro que garante a continuidade de sua atividade produtiva”.

A modalidade de seguro tem como objetivo oferecer, em sua cobertura básica, a proteção dos equipamentos móveis contra qualquer evento de causa externa. Nessa lista, podem ser citadas situações como:

  • Incêndios;
  • Colisões;
  • Explosões;
  • Tombamentos acidentais.

Além disso, também entram na cobertura eventos naturais, como: quedas de raio, enchente, vendaval, granizo e até mesmo terremoto. É possível citar ainda roubo e/ou furto qualificado, despesas de salvamento, translado entre locais de guarda e operação, alagamento e inundação e operações próximas à água.

É fundamental destacar que as máquinas no meio rural estão em constante evolução. Com a importância desse setor, é sempre imprescindível a preocupação relacionada ao desenvolvimento.

Por isso, essa modalidade de seguro também atende todas as operações de financiamento de equipamento, inclusive as feitas por meio de cooperativas de crédito rural.

Fonte: Revista Apólice